Ele não vai ler esse texto

writer-1421099_640

Resolvi colocar no papel tudo aquilo que não tive coragem de dizer olhando em seus olhos – que se reviravam quando eu falava de qualquer coisa -, já que eu era o tipo de pessoa que ele considerava desinteressante e café com leite. Eu era um passatempo, um amor de verão, que deveria passar logo assim como todos os outros. Apenas uma conquista com contagem regressiva de no máximo alguns meses. Ele precisou mentir em tudo, desde o seu interesse, até o seu desaparecimento repentino, por covardia de me contar que no fundo me odiava.

Continuar lendo

Anúncios

Crise de riso

casal

Vejam só, eu estou tendo uma crise de riso, fazia tempo que isso não acontecia. Talvez, seja a primeira vez, depois de tantos anos, que me sinto assim: feliz! Que curioso, a sensação é boa, mas tenho receio de que ele me ache maluca. Ele não consegue entender o motivo pelo qual estou rindo sem parar e muito menos eu. Por um momento, parei para analisar, e, então, chego à conclusão de que não preciso de uma justificativa se tudo está tão óbvio. É claro… como não pensei nisso antes? Eu estou rindo de felicidade por me sentir livre para amar quem eu quiser. Agora, tudo mudou. Estou feliz, deitada na cama dele com as mãos na boca para tentar controlar a minha crise de riso.

Continuar lendo

Amiga distante

whisper-408482_640

Por tanto tempo desejei ser sua amiga, eu disse isso quando o vi pela última vez, enquanto você passava a mão no meu cabelo, e eu chorava silenciosamente em seu colo. Eu quis isso de todo coração, mas nunca tive. Eu me conformei em ser uma estranha, que fazia parte do seu passado, mesmo que você o negasse. Eu nunca entendi o porquê confundia o meu nome com o de outra pessoa e como conseguia esquecê-lo. Porque um dia eu fui a sua namorada, apesar do curto prazo e do seu descaso. Eu sei que a minha existência era desnecessária, mas a sua foi fundamental para me tornar quem hoje sou e quem amanhã também serei. As mágoas, dores e desculpas, permaneceram na minha memória, e eu tive de amadurecer para suportar conviver com cada uma delas.

Continuar lendo

Feliz Ano Novo!

sparkler-1941779_640

Antes eu não gostava do ano novo, acho que era porque sempre ficava em casa assistindo à virada do ano pela televisão. Eu assistia as pessoas se divertindo, brindando e fazendo a contagem regressiva, enquanto me lamentava no quarto por não ter dinheiro ou disposição para comemorar na rua. Eu carregava um peso enorme por causa disso e o pior é que ainda lembrava de cada trauma da minha vida durante os dez segundos contados para o ano novo. O desânimo me consumia e quando menos esperava já estava remoendo minhas decepções amorosas, que costumavam acontecer durante a época comemorativa.

Continuar lendo

É abusivo!

white-2565766_640

Você tem insônia e fica mexendo as pernas de tanta ansiedade. Você toma remédio para dormir, mas demora até sentir o efeito. Você me pede para fazer carinho nas suas costas, e eu começo a arranhá-la devagarinho. Eu acho que você é diferente, porque tudo que os outros dizem não gostar, você diz que gosta. Vive afirmando que a sua vontade de amar é grande, mas só promete e não cumpre. Você é muito sentimental e tudo que falo pode te machucar. Eu tomo cuidado com as palavras, mas você vê coisa até onde não tem. Você me culpa pela sua dor, e eu acredito. Existe um jogo aqui que funciona da mesma forma que você dá xeque-mate no xadrez. Você é esperto, me faz acreditar que estou louca para poder me controlar.

Continuar lendo

Casório na praia

digital-art-398342_640

Estávamos sentados no mesmo lugar de sempre, olhando o mar e admirando a lua cheia. A nossa conversa alternava para a beleza da natureza e o amor desenfreado que nos consumia a cada dia que passava. Então, casamos. Na verdade, acho que casamos desde que nos conhecemos, mas foi ali que finalmente admitimos. O universo conspirava ao nosso favor, a paisagem nunca antes tão bela, naquele momento, tudo já parecia ter acontecido mesmo sendo a primeira vez. Não teve surpresa, foi como se soubéssemos desde sempre, o que manteve aquela expressão de felicidade e o ar da graça de cada palavra.

Continuar lendo

Imaginando você

crônicas de relacionamento e amor

Estou sentada no banco da praça da faculdade. E agora, eu vou ficar aqui olhando fixamente para um rapaz, que de longe se parece muito com você. Eu vou me concentrar bastante até que o rosto dele vire o seu. E em questões de segundos te vejo nele. Eu estou me enganando, eu sei, mas é a única forma de amenizar a saudade. Eu posso ver você perfeitamente refletido no desconhecido que cumprimenta uma garota. Percebo que eles são namorados, ficantes, ou sei lá o quê. Eu só sei que eu não paro de imaginar nós dois ali. Ele acaricia o rosto dela, e ela sorri. Eu fico que nem uma estátua e os meus olhos nem piscam direito. É bem capaz de assustar o belo casal com a minha tal admiração.

Continuar lendo